terça-feira, 3 de julho de 2007

O Começo, meio e fim de um blog !

O blogueiro norte-americano Kent Newsome fez uma análise bem interessante sobre a vida de um blog, desde o seu nascimento até o seu fim. Ele a dividiu em 5 fases. Vê se você não se identifica com algumas delas:

1. Excitação É quando você escolhe o sistema de publicação, monta o layout, escreve os primeiros posts, que não geram, no final das contas, muita repercussão ou comentários. A não ser que você já tenha um nome conhecido. "Caramba, vou derrubar a grande mídia", você pensa.
2. Expectativa Já montou o blog, agora começa a fase de formar leitores e conseguir tráfego. Nessa fase, você se empolga por ter 100 visitantes por dia. Ou por alguém linkar para você. Começa a conferir o contador de visitas várias vezes ao dia para ver se alguém entrou em seu blog.
3. Frustração Nesta fase, você começa a se tocar que as coisas não são fáceis. Demanda tempo. Ninguém comenta os seus posts. Nem seus amigos lêem seu blog. Você escreve a mesma coisa que um blogueiro famoso e até melhor, mas quem tem tráfego e comentários é ele.
4. Alienação A blogosfera parece mais uma panelinha de amigos e cheia de regras. Você começa a escrever posts contra a injustiça da blogosfera e a falar mal de blogs. Começa a perder gosto.
5. Abandono A fase final, o simples abandono. Ou apertar a tecla "deletar este blog", em seu sistema de blogs. É o fim.

Mas calma! Ter um blog não é apenas esse marasmo. Existem cases de sucesso na blogosfera. Segundo Jeremiah Owyang, estrategista de web, existe um outro caminho:
Da fase de expectativa, você vai para a frustração ou, se tiver muitas visitas e repercussão, cai em outras fases:

3. Foco É quando você começa a encontrar o foco de seu blog. "Hum, isto aqui dá mais repercussão, as pessoas comentam mais isso etc". Você começa a conhecer e a fazer amizades com o seu público e a ser reconhecido pelo que escreve.
4. Paixão Essa fase começa a se manifestar quando você começa a postar várias vezes ao dia. Nada o derruba, você passa por cima das críticas e dos problemas.
5. Realização Sua paixão pelo que faz começa a apresentar resultados, como escrever e ter idéias que ninguém ainda teve. Passa a ser convidado para cobrir eventos, dar palestras sobre os assuntos que comenta no blog. E a receber pelo blog.

Mas vendo a seqüência de fases, a relação de um blogueiro com o seu blog lembra mais um casamento ou um namoro - às vezes, paixão, expectativa, realização, mas frustrações...

E é lógico - essas análises levam em conta um tipo de uso da ferramenta de blog. Para quem escreve apenas para si mesmo, ou de forma fechada somente para a família, ou tem um blog apenas para formar novos amigos, a dinâmica é um pouco diferente.

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial